Quem sou eu

Minha foto
Além de algo mais sério, entre o riso e a cerveja.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Meu Réveillon De 5 Dias [dia 29]

[ x ]

Já havíamos combinado: Eu, o Gui e o Cris (um amigo do Gui que eu não conhecia, só tinha visto foto e constatado que ele era uma graça, porém o Gui falou que ele não se interessou por mim) que passaríamos o réveillon juntos. Eles chegaram munidos de duas vodcas SKY e um champagne estranho logo na quarta feira, dia 29, à tardinha. Tomamos cerveja, fomos cantar parabéns para meu primo na casa dele e voltamos para o meu quarto eu, minha irmã, minha prima, Gui e Cris. Colocamos músicas da playlist que havíamos feito para a festinha do dia 30 aqui em casa. Ficamos conversando, tomamos vodca vagabunda pra não abrir a SKY, e cerveja Bavária (coisa de gente rica). Vimos vídeos idiotas no youtube, no qual esse trouxe todos os nossos bordões de início de 2011.
Gui conversava com minha prima, minha irmã mexia no computador e o Cris havia voltado do banheiro, sentado na cama e eu vi que ele me olhava. Cheguei perto dele, beijei. Que beijo bom desse menino! Deitamos na cama nos beijando, olho pro lado e o Gui está beijando a minha prima! Minha irmã nem ligou. Eu estava deitado de frango assado com o Cris beijando-o (vestidos, ambos) e resolvi ir falar com minha prima, que nunca havia me visto pegar um homem e, até então, era algo que não comentava com ela (nem com a mãe dela, o irmão e o pai. Eles são meus vizinhos mas é um assunto que com o resto da minha família eu falo normalmente, mas com eles minha mãe preferia deixar dessa maneira).
Falei, ela respondeu "Tudo bem, não tenho problema com isso" (depois, fui descobrir que o Gui é o primeiro cara que ela já ficou, pois só havia ficado com mulheres).
Prima e irmã foram embora, eu continuei com o Cris. Como esse menino de 16 anos tinha um corpo tão bonitinho? Como beijava tão bem? E o sorriso? 16 anos pareço ter eu!
Começamos a tirar a blusa, bermudas, beijos mais intensos... Boca lá, aqui, mãos que não paravam. Guilherme no computador falou que bateria uma punheta, não bateu.
"Gui, você pode sair do quarto?" pergunto.
Gui, bêbado, começa a reclamar e falar e blá blá blá. Saiu do quarto e tudo aconteceu às mil maravilhas, até que um pequeno acidente de percurso fez com que interrompêssemos as coisas. Nada mais do que normal. Dormimos abraçados, acordamos abraçados. Beijo, carinho.
Guilherme dormiu na cama de baixo, viu a porta do banheiro fechado e ficou batendo nela feito louco achando que era minha irmã usando-o quando na verdade era minha avó, que saiu falando "calma, meu filho. Eu já tô saindo"
Cara no chão.

12 comentários:

  1. Meu Deusssss! kkkk
    Vc não perdoa nem menores kkkkk
    Bju sumido! Feliz 2011

    ResponderExcluir
  2. JOGA A DIGNIDADE DO AMIGO NO LIXO DE NOVO, VAI!

    ResponderExcluir
  3. é, a dignidade do Gui foi no lixo mesmo.

    ResponderExcluir
  4. kkkk, vc nao perdoa mesmo hein? E o Gui... Que vergonha! hehehe! Tao cedo eu voltaria em sua casa. rsrsrs

    ResponderExcluir
  5. Vc podia ser preso sabia?!
    hauhauahhauaua
    abraçooo!
    Feliz 2011!

    ResponderExcluir
  6. Agora temos a prova, você mesmo assumiu que f**** um menor de idade, podem prendê-lo rapazes!

    ResponderExcluir
  7. Dessa última eu ri. Mas fiquei na curiosidade de duas coisas: Que acidente aconteceu? E o Gui ta dando defeito é? Pensei que ele gostasse de homi. xD

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. kkkk q figura
    eu raxo com suas histórias de vida loka HAOSIHAOS

    e feliz ano Novo pra vc também ;D

    ResponderExcluir
  9. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    NUOSSA... kkk, eu tava falando com o Gui pelo msn, ele tava sem nção nesse dia... kkk, tadinho...
    E vc hein, pegou o menino do telesexo... kkkkkk (to zuando)
    #deviaestarcomvocês... kkkk

    Beijo Bruno... Até o próximo

    ResponderExcluir
  10. A Dignidade do Gui já estava no lixo desde aquele post bêbado de Natal. Falo mesmo ahauahauhauahua

    ResponderExcluir
  11. seus detalhes sobre o fato são definitivamente melhores q o do Gui.

    ele nem tinha mencionado q a menina ficava com meninas.

    esse reveillon de vcs... medo.

    ResponderExcluir

"frente a uma sociedade e uma linguagem reificadas, o indivíduo afirma dolorosa, agressiva ou humoristicamente sua diferença"
Theodor Adorno